Siga nossas redes sociais!

Destaques

De “Era Uma Vez” a “Why Women Kill“: Uma viagem pela carreira de Lana Parrilla

Avatar photo

Publicado

a

Fazemos uma viagem pela carreira da atriz Lana Parrilla, mais conhecida por desempenhar o papel de Rainha Má em “Era Uma Vez”.

lana parrilla

Há papéis que não se esquecem. E os atores que desempenham esses mesmos papéis, irão ficar para sempre ligados a esses personagens. É o caso de Lana Parrilla, atriz norte-americana que ficou mais conhecida por encarnar duas personagens na série “Era Uma Vez”, transmitida em Portugal pelo AXN.

Lana sempre se interessou pela representação e o “faz de conta”. Em pequena, costumava imitar anúncios de televisão, para diversão da sua família. Enveredou pelo mundo da televisão em 1999, através de uma participação na série “Grown Ups”. Depois dessa primeira experiência, nunca mais parou.

Após a estreia em televisão, chegaria o momento da estreia no grande ecrã com a participação em “Spiders” e “Very Mean Men”. Em 2001, entra em “Semper Fi”, um filme de ação feito para TV, que contou com a participação do famoso realizador de cinema Steven Spielberg, desta vez enquanto Produtor Executivo do filme. Regressa à televisão com “Spin City”, entre 2000 e 2001, onde fez parte do elenco principal nas duas temporadas da série.

Já em 2002, integra o elenco de “Boomtown”, série através da qual foi distinguida com um Prémio Imagen, em 2003, na categoria de Melhor Actriz Secundária. Em 2005, entra para o elenco da quarta temporada de “24”, enquanto Sarah Gavin, uma agente da Unidade Contra o Terrorismo. Seguem-se as séries “Windfall” e “Singtwown”, em 2006 e 2008, respetivamente. Esta carreira invejável conta ainda com breves passagens por grandes sucessos de televisão como “NYPD Blue”, “Six Feet Under”, “Medium” ou “Lost”.

 

Capaz de nos fazer torcer por uma Rainha Má

É em 2011, com a Rainha Má e Regina Mills de “Era uma Vez”, que Lana Parrilla finalmente ascende à fama. Edward Kitsis e Adam Horowitz, os criadores da série, quiseram voltar a trabalhar com Lana, após a terem conhecido em 2006, nas rodagens da 3ª temporada de “Lost” onde, curiosamente, também fizeram parte da equipa de argumentistas. A atriz teve a seu cargo, nada mais, nada menos do que a antagonista da série, e, como já todos sabemos, não desiludiu. Um papel que, à partida, seria odiado pela audiência, acabou por ser acarinhado por todos e tornou-se numa das peças essenciais à narrativa fantasiosa. Para os mais distraídos, “Era Uma Vez” chegou também a ter uma participação portuguesa, através da atriz Joana Metrass, que desempenhou o papel de Guinevere, a rainha consorte do Rei Artur.

O seu desempenho em “Era Uma Vez”, série que se revelou uma sensação televisiva pelo mundo inteiro, valeu-lhe inúmeros prémios. Desde o prémio ALMA de Melhor Atriz Secundária de TV em 2012, ao prémio Impacto NHMC em 2013, chegando ainda a ser eleita Melhor Vilã pelo público nos prémios da TV Guide. Os seus fãs, uma comunidade muito ativa, tanto online como a nível presencial através de eventos mundiais como a Comic Con, são conhecidos por “Evil Regals”, nome que ela própria criou quando interpelada por uma fã da série.

Mas não é apenas o público que tanto adora esta vilã. Também a crítica lhe fez largos elogios, sendo até inicialmente considerada para ser a vencedora ao Emmy de Melhor Atriz Secundária tanto em 2012 como em 2013. Em 2016, no início da fase final da série, que teve o seu fim dois anos depois, Lana Parrilla foi também a vencedora do Teen Choice Award para Melhor Atriz de Ficção Científica/Fantasia.

São raras as séries que hoje em dia conseguem chegar às sete temporadas. E mais raras ainda as que o conseguem fazer sem abdicar da qualidade e da verdadeira essência dos seus personagens. Se “Once Upon a Time” o conseguiu fazer, muito se deve à atriz por trás da personagem de Rainha Má. Lana Parrilla provou ter as nuances artísticas e a capacidade técnica de comandar uma série de sucesso a nível mundial.

Para além da representação, a atriz já deu os seus primeiros passos no mundo da realização, tendo realizado, em 2018, o 17º episódio da 7ª temporada de “Era Uma Vez”.

Em 2020, Parrilla voltou a encarnar uma personagem de Cinema no thriller de David Ayer, “The Tax Collector”. Atualmente, podemos ver a atriz na série antológica “Why Women Kill”, interpretando a personagem de Rita Castillo. Esta nova iteração na carreira da atriz marca um regresso importante à televisão, e numa 2ª temporada que está a ser mais bem recebida do que a primeira.

Lana Parrilla já confirmou a sua presença na 7ª edição da Comic Con Portugal, a decorrer de 9 a 12 de dezembro, no Parque das Nações, em Lisboa. Não percas esta oportunidade de conhecer a atriz e compra já o teu bilhete!

 

LÊ TAMBÉM

“Lana Parrilla de “Once Upon a Time” Confirmada na Comic Con Portugal


 

Os Especialistas da Cultura Pop!