Siga nossas redes sociais!

Cinema

Crítica Bad Boys: Tudo ou Nada – A dupla volta para o quarto filme da saga

Avatar photo

Publicado

a

Após quatro anos desde o último filme, os Bad Boys mais conhecidos do cinema
voltaram. Bad Boys: Tudo ou Nada é o quarto filme do franchise e prometem não ficar
por aqui. Ainda não é desta que se vão reformar como apresentado no plot do filme
anterior. O crime parece que não dá descanso. Will Smith e Martin Lawrence voltam
aos seus papeis mais icónicos. Quem não se lembra de Mike e Marcus, dois detetives
da Polícia de Miami
que só se metem em confusões por serem desbocados e muito
propícios à confusão. Mas desta vez vão encarar o maior desafio das suas vidas.
Deixaram de ser os procuradores, para se tornarem nos procurados. Será que vão
conseguir provar a sua inocência?

Tudo começa no casamento de Mike. Deixou para trás a sua vida de
mulherengo e decidiu finalmente assentar. O seu padrinho, Marcus sofre um ataque
cardíaco e tem uma experiência de quase morte. Facto que será relevante para o
trabalho de equipa de ambos. Enquanto isso descobrem uma conspiração no
departamento da Polícia de Miami. O plot deste filme é conduzido principalmente pela
corrupção. O Capitão Howard (Joe Pantoliano), chefe dos protagonistas, foi apanhado
nessa rede de crime. Culpado de trabalhar com os cartéis de drogas durante anos. Os
Bad Boys juntam-se para limparem o nome de Howard, mas são os próximos
apanhados na conspiração. Ao temerem pela sua vida Mike e Marcus terão de
descobrir e revelar a verdade, ao apanhar o vilão. Antes que ele os apanhe. Mas não
estarão sozinhos, terão um forte aliado ao seu lado, Armando, o filho de Mike que nos
foi apresentado no filme anterior. Esta também será uma ótima oportunidade para pai
e filho criarem uma relação.

Além das cenas de ação bem coreografadas, dos carros topo de gama e das
perseguições malucas, este filme consegue ser bem melhor que os anteriores. O que
vale a pena conhecer é a interação energética da equipa principal. Will Smith e Martin
Lawrence funcionam muito bem juntos. O argumento apresenta vários momentos
divertidos de puro entretenimento seja para fãs ou não. Além disso até conseguem ironizar certos momentos das suas vidas. Como o facto de durante o filme a
personagem de Lawrence bofetear várias vezes Smith, como referência à sua estalada
durante a cerimónia dos Óscares de 2022. Esse momento foi dos mais falados nos
media nos últimos anos e foi bem escarnecido durante este filme. Com esta saga que
nos causa nostalgia, podemos descansar que o entretenimento é assegurado. Com
sequências onde a adrenalina está sempre em alta com situações sempre a acontecer.
Não há como nos aborrecermos a ver os Bad Boys: Tudo ou Nada.

O filme já estreou e pode ser visto nas salas de cinema portuguesas. Se precisas
de mais motivos para assistires ao filme, lê este artigo.

"Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro ler e escrever. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries de televisão, vejo tudo o que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida e ainda há tanto para descobrir."

Continue a ler

Mais artigos