Siga nossas redes sociais!

Destaques

Monarch: Legacy of Monsters 1×01 – O Depois da Batalha do Godzilla

Avatar photo

Publicado

a

Monarch

Monarch: Legacy of Monsters estreou na Apple TV+ e capta a nossa atenção com uma data de elementos inovadores e, ao mesmo tempo, que nos lembram o que já vimos deste mundo, ajudando-nos a seguir uma linha temporal após os acontecimentos com Godzilla. Além disso, conseguimos perceber que algo está para vir (não fosse o título do episódio ‘Aftermath’).

Viagem para Tóquio
A história em si começa quando Cate, protagonizada por Anna Sawai, se vê em Tóquio pronta para tratar dos assuntos relacionados com a morte do pai, Hiroshi. No entanto, a sua chegada leva logo a surpresas inesperadas: afinal Hiroshi (Takehiro Hira) tinha uma segunda família. Toda a cena da chegada da nossa protagonista leva-nos para este desfecho – no final, acabámos por não estar nada surpreendidos.

Passado vs. Presente
O presente da série, 2015, não é a único plano temporal do piloto. Também temos vários momentos decorridos nos anos 50. Fiquem atentos porque entendi logo no final do episódio a importância destes acontecimentos e de como se pode interligar com o presente.

Enquanto no presente acabamos a acompanhar Cate a assimilar as novas descobertas, no passado andamos a seguir a exploração de Dr. Keiko (Mari Yamamoto). Estes dois planos temporais foi o que mais gostei neste primeiro episódio – os momentos do passado não longos o suficiente para serem tediosos e aos poucos tornam as ações do presente ainda mais relevantes.

O que escondia realmente Hiroshi?
Falando nas ações do presente, é com a ajuda do seu recém-descoberto irmão, Kentaro (Ren Watabe) que Cate consegue ter acesso ao escritório de Hiroshi. É neste mesmo escritório que encontramos conteúdo que leva a mais perguntas. Especialmente quando vemos exatamente o mesmo símbolo que Cate tinha visto no dia do ataque do Godzilla em São Francisco.

O primeiro episódio deixa-nos a querer saber mais nos próximos nove episódios, em especial pela forma como termina: fiquem atentos à Dr. Keiko. Em relação ás criaturas, ainda não tivemos muito delas. No entanto, os pequenos vislumbres que tivemos foram extraordinários e a qualidade de imagem está muito boa. Espero que se mantenha assim quando tiverem realmente o seu devido destaque.


Subscreve o nosso canal do EPOPCULTURE no Youtube e segue-nos no Instagram, Facebook e LinkedIn. A Comic Con Portugal, o maior festival ibérico de Cultura Pop, já tem os bilhetes à venda para a edição de 2024 aqui!

Consulta a nossa agenda de programação | Mais artigos de cinema | Mais artigos de TV & Streaming | Mais artigos de Gaming | Mais artigos de BD & Literatura | Mais artigos sobre a LEGO | Visita ainda a nossa store com produtos exclusivos.

Tem 25 anos e veio de cultura e comunicação. Adora cultura pop, é viciada em spoilers ao ponto de ir ver as últimas páginas dos livros. Para ela, Team Marvel é que é.