Siga nossas redes sociais!

Destaques

The Last Thing He Told Me: Aposta muito fiel ao livro

Avatar photo

Publicado

a

The Last Thing He Told Me

A adaptação do livro homónimo de Laura Dave, traduzido pela Porto Editora, chegou ao pequeno ecrã.  The Last Thing He Told Me está disponível na Appl TV+. Depois de “Daisy Jones and the Six”, esta é a nova aposta da produtora Hello Sunshine. Reese Witherspoon, fundadora da empresa de produção, foi uma das responsáveis pelo escalar nos tops literários deste thriller de 2021.

Hannah Hall (Jennifer Garner), uma mulher de quarenta e poucos anos que sempre viveu uma vida feliz e pacata na comunidade de Sansalito, California, vê a vida a tornar-se num pesadelo quando o marido, Owen Michaels (Nikolaj Coster-Waldau), é investigado pelo FBI e desaparece sem deixar rastos. Para trás só lhe deixa um bilhete com a instrução “PROTEGE-A”. Hannah encontra-se agora com a missão de proteger Bailey (Angourie Rice), a enteada de 16 anos, formando uma relação inesperada com a adolescente.

A minissérie de sete episódios, cada um com a duração de 30 a 40 minutos, já conta com dois lançados na Apple+. Uma adaptação fidedigna é importante, mas a série terá de se distanciar do tom do livro para conseguir o impacto que procura junto do público. Nos primeiros instantes do piloto a ação é intensa e as questões abundam, mas esse ritmo não é constante, o que parece não ter sido a melhor ideia no que toca à qualidade geral. Apesar do interesse despertado, é importante ter em conta a história como um todo nas adaptações literárias.

Garner, traz toda a experiência e influência de ALIAS, série de culto que protagonizou há mais de dez anos, e Angourie Rice é a grande surpresa deste começo que faz salivar por mais. Veremos como evolui.

Ver ou não ver?

The Last Thing He Told Me merece uma oportunidade e, sendo um mistério, terá de manter um certo nível de suspense (também exibido no livro) para uma melhor exploração do enredo e respetivas personagens. Por isso, VER.

Mais artigos