Connect with us

TV & Streaming

A presença de Jacob Batalon na Comic Con Portugal

Avatar photo

Published

on

 

Jacob Batalon foi um dos convidados da edição deste ano da Comic Con Portugal para apresentar a sua nova série “Reginald The Vampire” que estreia em exclusivo no SYFY no dia 2 de janeiro. Além de ter estado presente no dia 8 de dezembro para participar num painel, onde respondeu a diversas perguntas dos seus fãs, os visitantes deste evento também tiveram a oportunidade de assistirem ao primeiro episódio da série antes da sua estreia oficial.

Este ator americano também é conhecido pelas suas participações em filmes como “Spider-Man: No Way Home”, “Spider-Man: Far From Home”, “Spider-Man: Homecoming”, “Avengers: Infinity War” e “Avengers: Endgame”. Brevemente também podemos vê-lo nos filmes “Shortcomings”, “Lift” e “Horrorscope”.

“Reginald The Vampire” conta-nos a história do protagonista homónimo. Num mundo povoado por vampiros belos, atléticos e vaidosos, Reginald (que não é nada disso) transforma-se num herói improvável e vai enfrentar todo o tipo de obstáculos até descobrir que também tem poderes especiais.

Durante a conferência de imprensa, Jacob Batalon falou sobre o seu desejo de ser protagonista que conseguiu com a sua nova série, a sua própria história de Star Wars que está a escrever, a sua personagem caricata Ned que tem estado presente em diversos projetos da MCU, alguns dos seus projetos futuros e abordou tanto o seu papel de protagonista em “Reginald The Vampire” e respetivos desafios, tal como a sua experiência como produtor executivo desta produção e muito mais. De seguida, partilho as perguntas que eu tive a oportunidade de fazer ao Jacob Batalon durante este momento aberto aos jornalistas.

  1. Qual é a principal diferença entre “Reginald The Vampire” e outras produções relacionadas com vampiros?

Jacob Batalon: Eu acho que a principal diferença é o Reginald. Em várias histórias sobre vampiros, ninguém se parece realmente com ele em que eles são mais brutos, sombrios e assim ‘sexuais”. Reginald é mais um tipo normal e acho que isso é muito bom, sendo que exploramos mais o lado humano de ser um vampiro, ao contrário dos vampiros típicos que estamos habituados a ver noutras produções.

 

  1. Qual foi o seu maior desafio enquanto ator?

Jacob Batalon: Eu acho que o meu maior desafio veio quando eu estava na escola de teatro, a aprender a ser vulnerável em frente a outras pessoas. É fácil esconder quando a pessoa não quer ser o centro das atenções. Mas sendo um ator, tu estás sempre no centro das atenções, não importa se queres ou não. E eu acho que como artista, tu tens de deixar as pessoas entrar, porque elas não são estúpidas e conseguem ver se és bom ou mau ator. Por isso, tens de te habituar às pessoas a verem todos os teus lados, não importa o que seja. É provavelmente a coisa mais aterrorizante, porque eu tenho muito medo das pessoas.

 

  1. Quais são as suas memórias favoritas durante as filmagens de “Spider-Man”?

Jacob Batalon: O nosso primeiro dia no “Spider-Man 1” foi ótimo, pois nós eramos todos muito jovens, estávamos nervosos e não sabíamos o que esperar. Mas, a partir do momento em que começamos a sair uns com os outros foi como se fosse nós estarmos todos os dias com os nossos amigos na escola. E eu acho que por causa desse primeiro dia de estarmos todos juntos fez com que nos tornássemos numa família. Mas foi espetacular e foi o nosso primeiro dia de sempre. E o último dia de filmagens foi muito emocionante.

 

 

Relativamente ao painel, Jacob acedeu a vários pedidos dos fãs, sendo que um dos momentos altos foi sem dúvida, o Jacob fazer com um fã o famoso aperto de mão entre Peter Parker e Ned. Este foi um painel que nos apresentou um Jacob completamente descontraído a responder às perguntas dos fãs.

A maior parte das perguntas foram dedicadas ao universo de “Spider-Man”, onde ele referiu que tem uma relação ótima com Tom Holland e Zendaya, adorou a participação de Tobey Maguire e Andrew Garfield a partilhar o ecrã com Tom Holland e de ver estas três versões do herói juntas. Além disso, ele contou que esteve na escola de teatro e depois teve 2 audições, acabando por surgir o “Spider-Man”. Já o seu “Spider-Man” favorito é a versão animada e a de Tom Holland e ainda disse que não sabia se iria haver outro filme do “Spider-Man”, mas estava aberto a isso.

Já sobre a série “Reginald The Vampire”, Jacob tinha acabado as filmagens do terceiro filme de “Spider-Man” quando recebeu o telefonema e leu o guião para a série, sendo que depois lhe deram muito poder como produtor executivo. Ele acredita que seria um mau vampiro e que roubaria a comida dos outros e que viu diferentes produções sobre vampiros para se preparar para o papel, acabando por aprender muito sobre eles. Um dos seus momentos favoritos foi no último dia de filmagens na série, onde estavam todos emocionados e ele ofereceu champagne. Se tivesse de escolher um super-poder seria dormir em qualquer lado e apesar de ser vegetariano, ele experimentou o famoso pastel de nata e achou muito saboroso. Relativamente a projetos futuros, ele referiu que tinha acabado de fazer um filme de terror na Sérvia.

A passagem de Jacob Batalon foi sem dúvida, agradável para os fãs que tiveram a oportunidade de saber mais não só sobre a sua carreira, mas também mais um pouco sobre este ator que ainda aproveitou para dar um passeio pelo recinto do evento e conhecer melhor o nosso país. Um agradecimento ao Jacob Batalon pela sua vinda a Portugal e ao SYFY por tê-lo trazido e pela antestreia exclusiva do primeiro episódio de “Reginald The Vampire” com estreia marcada para dia 2 de janeiro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LÊ TAMBÉM

“1899” CANCELADA NA NETFLIX APÓS A 1ª TEMPORADA

 

Autêntica geek, principalmente com tudo relacionado com filmes e séries. Esta é uma das minhas grandes paixões, de tal forma que eu resolvi criar um blog, onde partilho a minha opinião sobre o que vejo do universo dos filmes e das séries: A Geek Traveller.