Connect with us

Destaques

O QUE ESPERAR DE MONSTER HUNTER RISE PARA PC?

Avatar photo

Published

on

O início de 2022 está a dar que falar no que concerne a ports de consolas para PC e neste caso falamos de mais uma franquia de peso no mercado dos videojogos, um exclusivo da Nintendo Switch: o Monster Hunter Rise (MHR). Este título RPG, desenvolvido pela Capcom é o 6º da saga e tal como o nome indica, nesta jornada assumimos a pele de um caçador de monstros que vive para capturar estas criaturas com as suas armas ou até mesmo com recurso ao que o próprio ambiente oferece. Começamos na modesta vila de Kamura, que está sob a iminente ameaça de uma horda destes monstros devastarem por completo a localidade e os seus habitantes e nós iremos descobrir o que está por trás de tal mistério. Estamos perante uma valente aventura com muita ação e um estilo nipónico único que chegou, do 12º dia deste ano, ao computador.

Para quem jogou MHR na Switch, não irá encontrar diferenças em termos de conteúdo, uma vez que este port segue exatamente a mesma linha de tempo, sem qualquer alteração neste sentido. Contudo, se estivermos a falar em aspetos visuais, as mudanças serão imensas! Conhecemos as limitações da consola Nintendo, sendo a menos poderosa em termos de hardware comparando com as suas concorrentes. Com os seus modestos 720p com 30 frames por segundo, nesta nova versão teremos suporte para resolução 4k, uma framerate bem maior e mais estável, texturas de alta resolução e ainda uma novidade que pode alterar por completo a experiência de jogo: a aplicação de filtros que sem dúvida transformam os ambientes e a atmosfera, podendo até mesmo alterar a preto e branco, para uma vibe mais clássica.

Mas será que estas modificações serão suportadas em qualquer PC? A resposta a esta pergunta é um surpreendente sim, já que os requisitos para usufruir deste videojogo no seu máximo esplendor são bastante modestos:

REQUISITOS MÍNIMOS:

– SO: Windows 1º (64 -bit)

– PROCESSADOR: Intel® Core™ i3-4130 ou Core™ i5-3470 or AMD FX™-6100

– MEMÓRIA: 8 GB RAM

– PLACA GRÁFICA: NVIDIA® GeForce® GT 1030 (DDR4) ou AMD Radeon™ RX 550

ESPAÇO NO DISCO: 23GB

 

REQUISITOS RECOMENDADOS:

– SO: Windows 1º (64 -bit)

– PROCESSADOR: Intel® Core™ i5-4460 ou AMD FX™-8300

– MEMÓRIA: 8 GB RAM

– PLACA GRÁFICA: NVIDIA® GeForce® GTX 1060 (VRAM 3GB) ou AMD Radeon™ RX 570 (VRAM 4GB)

ESPAÇO NO DISCO: 23GB

Ou seja, como podemos conferir, com uma GTX 1060, uma placa gráfica que já tem 7 anos de comercialização, podemos usufruir da qualidade máxima que este jogo tem para nos oferecer, o que acaba por ser bastante razoável e não coloca entraves tal como acontece com outros ports que necessitam de computadores bem mais potentes para usufruir das configurações no máximo.

Relativamente aos aspetos menos positivos, não existirá cross-play e nem cross-save o que significa que os jogadores que já iniciaram a sua aventura na Nintendo Switch, terão inevitavelmente que começar tudo de novo no PC o que não agrada aos fãs da saga. Para muitos deles, já existem mais de 100h investidas neste universo e decerto será difícil desapegarem-se do seu save e iniciar novamente na vila de Kamura. Contudo, para quem aguardou ansiosamente o lançamento para PC e ainda não experimentou Monster Hunter Rise, esta é sem dúvida a altura certa para o fazer, uma vez que vai ter a experiência completa com todos os bug fixes feitos até à data e com um detalhe gráfico bem mais completo. E mais, a expansão Sunbreak irá sair simultaneamente, ainda este ano, para as duas plataformas.

Se quiseres embarcar nesta grande jornada contra monstros epicamente gigantes e ao mesmo tempo testar as tuas habilidades de combate, podes desde já adquirir este título através da loja da Steam.

 

 

 

LÊ TAMBÉM

Análise do jogo Halo Infinite


 

Metade humana, metade geek, esta espécie rara do universo gaming não dispensa uma tarde de jogatinas como nos bons velhos tempos com os vizinhos do bairro. Mal sabia ela que esta pequena paixão um dia se ia tornar num verdadeiro amor pela Cultura POP, daqueles para a vida toda. Jogos, animes, k-pop, séries, filmes, venham eles e é uma miúda feliz. Fazer gameplays é totalmente a sua praia, por isso criou o seu ninho da felicidade no Youtube, onde se dedica ao melhor hobby de todos, que a faz dar as maiores gargalhadas e permitiu encontrar a comunidade onde pertence, sem limites nem julgamentos.